Logo MPF nome Logo MPF

Santa Catarina

22 de Setembro de 2009 às 17h8

MPF/SC: ALL se compromete a reativar Ferrovia do Contestado

Entrar em contato com municípios do meio-oeste e oeste catarinense e captar clientes junto às indústrias e empresas da região são compromissos da ALL; MPF também encaminhará ofício às autoridades locais.

O Ministério Público Federal em Santa Catarina (MPF/SC) esteve reunido nesta segunda-feira, 21 de setembro, com representantes da empresa América Latina Logística (ALL), a fim de discutir o retorno das atividades da Ferrovia do Contestado, que percorre um trecho de cerca de 400 km e liga os municípios de Piratuba à Mafra.

A reunião foi agendada pelo procurador da República em Joaçaba, Anderson Lodetti Cunha de Oliveira, que havia encaminhado recomendação à ALL, no dia 17 de agosto, para que fosse apresentado cronograma de retorno das atividades no prazo de vinte dias. Segundo a ALL, a empresa tem total interesse em retomar transporte ferroviário na região, porém o que inviabiliza atualmente o retorno das atividades é a falta de clientes.

Conforme o procurador Lodetti, apesar de compreender a situação, o MPF entende que somente se pode falar em ausência de demanda se houver a oferta do serviço. Por isso, a ALL se comprometeu a entrar em contato com as associações de municípios do meio-oeste e oeste catarinense para expor que a empresa tem interesse em restabelecer o transporte ferroviário e, para tanto, há necessidade de buscar, junto às indústrias e empresas locais, clientes.

A ALL também realizará, no prazo de trinta dias, levantamento para identificar a viabilidade do transporte ferroviário, além de buscar junto às empresas, associações empresariais, lideranças políticas e associações de municípios informações referentes à demanda de cargas e tipo de produtos a serem transportados.

O MPF também encaminhará ofício às lideranças políticas do meio-oeste e oeste catarinense com o objetivo de divulgar o interesse da concessionária em voltar a prestar o serviço público de transporte ferroviário. O procurador Lodetti já agendou reunião com os procuradores da República de Caçador, Daniel Ricken, e Mafra, Daniel Holzmann Coimbra, cujos municípios também são cortados pela estrada de ferro. O objetivo é definir uma pauta conjunta sobre a questão, que diz respeito a todo o meio-oeste catarinense.

Segundo Lodetti, “se as lideranças políticas e empresariais não corresponderem, deixando de apresentar demanda, depois não poderão reclamar que a ferrovia está sem uso. Não faz sentido mandar passar um trem todo dia só para que os saudosistas relembrem sua infância.” No próximo dia 29 de setembro os procuradores da República se reúnem em Caçador. Depois de decorrido o prazo de 30 dias será designada audiência pública, em local a ser definido, para expor à comunidade os resultados.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal em SC
Atendimento ao público: (48) 2107-6100 e 2107-2410
Atendimento à imprensa: (48) 2107-2466, 2107-2480 e 2107-2474
E-mail: prsc-ascom@mpf.mp.br
www.mpf.mp.br/sc
Twitter: @MPF_SC

registrado em: ,
Contatos
Endereço da Unidade

Rua Paschoal Apóstolo Pitsica, 4876
Edifício Luiz Elias Daux
Agronômica, Florianópolis,SC
CEP 88025-255
Estacionamento: há 5 vagas para visitantes no piso G2

Atendimento de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h

Telefones:

(48) 2107-6100 - Gabinetes
(48) 2107-2410 - Administração

 

Como chegar