Javascript desabilitado
Logo MPF nome Logo MPF

Rio Grande do Sul

Direitos do Cidadão
24 de Maio de 2023 às 17h40

MPF vai investigar jogo Simulador de Escravidão disponibilizado em loja virtual do Google

Empresa já foi acionada para prestar informações sobre o aplicativo

ARTE DO GAME MOSTRADA EM UM CELULAR QUE ESTÁ NA MÃO DE UMA PESSOA.

Arte: Comunicação/MPF

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou, nesta quarta-feira (24), procedimento para apurar a disponibilização pela Play Store, loja virtual da empresa Google, do aplicativo Simulador de Escravidão.

Trata-se de um jogo em que o usuário faz o papel de proprietário de escravos e pode escolher entre a possibilidade de fazer lucro e impedir fugas e rebeliões ou a de lutar pela liberdade e chegar à abolição.

De acordo com o procurador da República Enrico Rodrigues de Freitas, vários usuários já baixaram o aplicativo. Também foi detectada grande quantidade de comentários racistas. Diante disso, foi expedido ofício para que a empresa Google preste informações específicas sobre o jogo.

O procedimento preparatório foi instaurado no âmbito da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão no Rio Grande do Sul (PRDC/RS) e será encaminhada cópia do expediente para apuração criminal para que possam ser tomadas as medidas cabíveis quanto à questão relacionada à evidência de fatos delituosos cometidos.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal no Rio Grande do Sul
Telefone MPF: (51) 3284-7200
Telefones ASCOM: (51) 3284-7200 / 98423 9146
Site: www.mpf.mp.br/rs
E-mail: PRRS-Ascom@mpf.mp.br
Twitter: http://twitter.com/MPF_RS
Facebook: www.facebook.com/MPFnoRS

Contatos
Endereço da Unidade

Rua Otávio Francisco Caruso da Rocha, 700
Bairro Praia de Belas
Porto Alegre/RS
CEP 90.010-395


CNPJ: 26.989.715/0028-22

(51)3284-7200
Atendimento de segunda à sexta, das 12h às 18h (Sala do Cidadão). Acesse todos os serviços disponíveis na página http://www.mpf.mp.br/mpfservicos
Como chegar