Javascript desabilitado
Logo MPF nome Logo MPF

Procuradoria-Geral da República

Indígenas
19 de Abril de 2024 às 9h15

MPF lança vídeo manifesto para marcar Dia dos Povos Indígenas

Objetivo é quebrar estereótipos e sensibilizar a sociedade sobre a importância e a pluralidade dos primeiros habitantes do país

Arte com montagem de fotos de homens e mulheres indígenas dispostas lado a lado e, na parte superior, uma faixa verde com a expressão #ABRILINDÍGENA em amarelo

Arte: Comunicação MPF

“Para sobreviver, precisamos falar que sempre estivemos aqui”. Com essa mensagem, indígenas de diferentes etnias e profissões mostram os desafios que enfrentam diariamente para quebrar os estereótipos que cercam essas comunidades. O manifesto em vídeo lançado nesta sexta-feira (19) pelo Ministério Público Federal (MPF), para marcar o Dia do Povos Indígenas, busca reconhecer o patrimônio cultural e a contribuição dessas populações para o país, bem como combater o preconceito e retratar a diversidade étnica e cultural.  

O Brasil é lar de mais de 1,6 milhão de indígenas, que integram pelo menos 266 povos e falam mais de 150 línguas diferentes. O vídeo mostra que eles estão em cargos públicos, nas universidades, na cidade, na política, no meio artístico ou onde quiserem. Também aborda a pluralidade de modos de vida e cultura.

A iniciativa faz parte da campanha "Indígenas, no Plural", realizada pelo MPF durante todo o mês de abril para valorizar a identidade cultural dos primeiros habitantes do país. “Precisamos falar o que somos, nossa língua, para reverenciar nossa ancestralidade; para que nossas ciências, modos de vida e culturas se perpetuem; para que nossos direitos sejam tão plurais quanto os nossos povos”, diz o manifesto, que pode ser acessado no YouTube e nas redes sociais do MPF.

Representando os múltiplos caminhos e possibilidades a que todos os indígenas têm direito, o vídeo conta com a participação da advogada e assessora-chefe de Inclusão e Diversidade do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Samara Pataxó; do comunicador e influencer, Tukumã Pataxó; da ativista ambiental e comunicadora, Samela Sateré Mawé; da artesã, Airy Gavião, e do estudante de Medicina da Universidade de Brasília (UnB), Tony Leão.

Além de valorizar a diversidade cultural dos primeiros habitantes do país, o manifesto destaca o papel dos indígenas como protagonistas da própria história e como agentes de transformação social. A identidade dos povos originários está em constante renovação, incorporando aspectos dos tempos atuais e, ao mesmo tempo, preservando sua ancestralidade milenar.

A declaração pública pelo direito à diferença reforça, ainda, os princípios humanistas que direcionam a atuação do MPF na missão constitucional de defender os indígenas, promovendo o diálogo e a reflexão na sociedade sobre os direitos dessas populações.

Exposição – Também como parte da campanha, a exposição “Indígenas, no Plural” – lançada nessa quinta-feira (18) – está aberta ao público no Memorial do MPF, localizado na sede da Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília (DF).

Com curadoria da Coordenadoria de Memória Institucional da Secretaria Jurídica e de Documentação (Sejud) e coordenação e organização da Secretaria de Comunicação Social (Secom) do MPF, a mostra levanta reflexões sobre a pluralidade de modos de vida dos povos indígenas, destacando a importância de proteger essa diversidade. A exibição também aborda o trabalho do MPF como defensor dessas populações.

Exposição Indígenas, no Plural
Até 29 de maio
De segunda e sexta-feira, das 13h às 17h
Memorial MPF - SAF Sul, Quadra 4, Conjunto C - Brasília/DF

Secretaria de Comunicação Social
Procuradoria-Geral da República
(61) 3105-6409 / 3105-6400
pgr-imprensa@mpf.mp.br
facebook.com/MPFederal
twitter.com/mpf_pgr
instagram.com/mpf_oficial
www.youtube.com/canalmpf

registrado em: #indigenas, #PovosIndigenas, *6CCR
Contatos
Endereço da Unidade
 
 
Procuradoria-Geral da República
SAF Sul Quadra 4 Conjunto C
Brasília - DF
CEP 70050-900 
(61) 3105-5100
Atendimento de segunda a sexta, das 10h às 18h.
Como chegar
Sites relacionados
Área Restrita