Javascript desabilitado
Logo MPF nome Logo MPF

Pará

Indígenas
15 de Março de 2024 às 14h20

MPF desmente fake news sobre suposta autorização para reinvasão de terra indígena no Pará e requisita inquérito à PF

Não há possibilidade de ser cancelada a decisão que determinou a retirada de invasores da Terra Indígena Alto Rio Guamá

A imagem mostra um selo circular grande com a palavra "FAKE NEWS" em letras maiúsculas no centro. O selo tem um aspecto desgastado, com bordas irregulares e uma textura que parece suja, dando a impressão de estar estampado em uma superfície asfáltica ou similarmente texturizada. A cor predominante do selo é vermelha sobre um fundo que parece ser uma superfície asfáltica escura.

Arte: Comunicação MPF

O Ministério Público Federal (MPF) alerta que é falsa a notícia que circula na região nordeste do Pará de que invasores retirados em 2023 da Terra Indígena Alto Rio Guamá agora podem reinvadir a área por decisão de uma pessoa que se autointitula ‘juiz dr. Sampaio’.

A comunicação do MPF foi feita após a instituição ter recebido uma série de denúncias de moradores da região de que essas mentiras estão sendo disseminadas pelas redes sociais e estão criando tensão entre não indígenas e indígenas, gerando risco de conflitos.

O MPF reforça que essas informações são falsas porque não cabem mais recursos contra a sentença da Justiça Federal sobre o caso, cumprida no ano passado, com a operação realizada pelo governo federal de retirada dos não indígenas ocupantes da terra indígena.

Investigação policial – Diante da disseminação da notícia falsa, o MPF requisitou à Polícia Federal (PF) a abertura de inquérito policial para identificar os responsáveis pelas fake news.

Sobre o fato de um dos disseminadores da notícia falsa se apresentar como juiz, a Justiça Estadual publicou nota de esclarecimento para informar que essa pessoa não tem vínculo com o Tribunal de Justiça do Estado do Pará.

Em relação a um evento em que o autointitulado juiz incitou não indígenas a reinvadir a Terra Indígena Alto Rio Guamá, a Justiça Estadual destacou que não possui qualquer ligação com o evento e que não valida as informações prestadas.

Processo nº 0000355-62.2012.4.01.3900

Consulta processual

Ministério Público Federal no Pará
Assessoria de Comunicação
Para atendimento à imprensa: saj.mpf.mp.br
Para envio de representações (denúncias) ao MPF, protocolo de documentos ou acesso a outros serviços aos cidadãos: www.mpf.mp.br/mpfservicos 
Para mais informações:

Contatos
Endereço da Unidade

Rua Domingos Marreiros, 690

Umarizal – Belém/PA

CEP 66.055-215

PABX: (91) 3299-0111
Atendimento de segunda a sexta, das 8 às 18h

Sala de Atendimento ao Cidadão (SAC):

10 às 17h

(91) 3299-0138 / 0125 / 0166

Atendimento exclusivamente por WhatsApp: (91) 98437-1299

Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão:

9 às 18h

Protocolo:

9 às 18h

Biblioteca:

13 às 18h

Plantão:

Clique aqui e acesse todas as informações sobre o plantão

Como chegar
Sites relacionados
Área Restrita