Javascript desabilitado
Logo MPF nome Logo MPF

Amapá

Direitos do Cidadão
13 de Outubro de 2022 às 9h10

MPF e ONS se reúnem para tratar sobre questões energéticas no Amapá

Operador Nacional do Sistema Elétrico é responsável pela coordenação de geração e transmissão de energia elétrica no país

Na foto, os participantes da reunião estão todos sentados, a maioria dos homens usa terno; as mulheres, vestido. Na cabeceira da mesa, os procuradores da República Sarah Cavalcanti e Pablo Beltrand ouvem atentos os representantes do Operador Nacional do Sistema

Na cabeceira da mesa, ao fundo, os procuradores da República Sarah Cavalcanti e Pablo Beltrand (de camisa azul) ouvem atentamente representantes do ONS. (Foto: Déric Nobre | PRDC)

Procuradores da República receberam representantes do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), na última semana, na sede do Ministério Público Federal (MPF) no Amapá. Na reunião, os membros do MPF foram informados sobre o funcionamento e as medidas adotadas pelo órgão acerca da coordenação das atividades de energia elétrica. A pauta centrou-se nos episódios recorrentes de falhas na distribuição de energia no Amapá, que são objeto de apuração do MPF, por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão.

Por cerca de duas horas, os representantes do ONS explicaram os procedimentos adotados pela entidade no tratamento de problemas identificados na área no estado. Eles também colaboraram na elucidação de dúvidas dos membros do MPF relacionadas a questões técnicas do setor. As contribuições serão importantes para compor as minuciosas investigações que vêm sendo conduzidas pelo MPF para determinar responsáveis pela crise energética no Amapá.

A questão energética vem sendo apurada detida e rigorosamente pelo MPF, a fim de obter respostas adequadas sobre as responsabilidades acerca de inúmeras deficiências no setor no Amapá. Representaram o MPF, os procuradores da República Sarah Cavalcanti e Pablo Beltrand. Do ONS, estavam presentes o diretor-geral, Luiz Carlos Ciocchi, advogados e representantes da área técnica. Membros da Advocacia Geral da União acompanharam a reunião, a convite do MPF.

“A reunião foi fundamental e muito apropriada para aclarar determinados pontos que ainda eram nebulosos acerca de toda a problemática. O tema é complexo, há muitos agentes envolvidos, daí a imprescindibilidade do rigor na apuração de todas as vertentes”, observa a procuradora Sarah Cavalcanti, que conduz investigações relacionadas à temática.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal no Amapá
(96) 3213 7895 | (96) 98409-8076
prap-ascom@mpf.mp.br
www.mpf.mp.br/ap
www.twitter.com/mpf_ap
www.fb.com/mpfederal
www.youtube.com/tvmpf

registrado em: *3CCR, *PFDC
Contatos
Endereço da Unidade

Avenida Ernestino Borges, 535
Centro - Macapá/AP
CEP 68908-198

Atendimento de segunda a sexta, das 11h às 16h

(96) 3213 7800

Como chegar