Javascript desabilitado
Logo MPF nome Logo MPF

Alagoas

Meio Ambiente
9 de Fevereiro de 2023 às 16h55

MPF propõe criação de fórum permanente pela preservação do Complexo Estuarino Lagunar Mundaú-Manguaba, em Alagoas

Manifesto defende a implantação efetiva do Plano de Ações e Gestão Integrada do CELMM; fórum pretende propor soluções

Logomarca do Fórum As-Lagoas: em Defesa do Celmm num formato circular, nas cores azul claro e azul escuro, com os nomes em branco. No centro o mapa do complexo estuarino lagunar

Arte: Ascom MPF/AL

Com o objetivo de unir esforços pela preservação do Complexo Estuarino Lagunar Mundaú-Manguaba (Celmm), em Alagoas, o Ministério Público Federal  (MPF) propôs, em manifesto divulgado nesta quinta-feira (9) a implantação de um fórum permanente pela implantação do Plano de Ações e Gestão Integrada do Celmm.

O fórum permanente “As-Lagoas: em Defesa do Celmm” tem o intuito de reunir diversos atores com atuação voltada para as lagoas e entorno, a fim de ser um espaço contínuo de discussão e busca de alternativas para a efetiva implantação do plano de ações, com a realização de reuniões periódicas para colheita de contribuições diversas, mas também capaz de encaminhar propostas e soluções.

Celmm  (8).JPGO manifesto, apresentado pelo MPF, destaca a ideia de que sejam debatidas:

a) a poluição dos recursos hídricos, pelo lançamento inadequado de esgotos sanitários, de resíduos sólidos e de efluentes industriais;

b) a ocupação de áreas impróprias ou de risco, o que contribui para a intensificação de processos erosivos e de assoreamento, e;

c) os impactos ao meio ambiente, seja decorrente da ocupação de áreas protegidas, como os manguezais, seja pela ainda insuficiente consciência ambiental e engajamento da população do entorno, muitas vezes motivadas pela falta de emprego e renda, aspectos estes que também precisam ser dirimidos.

Elaborado pelos procuradores da República Juliana Câmara e Lucas Horta, titulares de ofícios do Meio Ambiente em Alagoas, o manifesto traz uma nova e diferente abordagem considerando que o ano de 2023 marca o início de novas gestões nos âmbitos dos poderes executivos federal e estadual, nos quais a temática ambiental já foi apontada como prioridade.

Celmm  (9).JPG“Não se pretende revisitar o passado em busca de culpados pelo padecimento do nosso complexo estuarino lagunar, mas sim estender o olhar para o futuro à procura da construção de consensos sobre as providências necessárias à requalificação da área”, declarou o MPF através do manifesto.

Confira a íntegra do manifesto pela criação do Fórum Permanente As-Lagoas: em Defesa do Celmm.

 

Compareceram ao encontro e manifestaram apoio ao fórum permanente instituído:

Ministério Público do Estado de Alagoas (MP/AL)

Governo do Estado de Alagoas

Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH)

Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag)

Prefeitura Municipal de Maceió

Gabinete de Governança do Município de Maceió (GGOV)

Secretaria de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente de Maceió (Sedet)

Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas)

Procuradoria-Geral do Município (PGM)

Prefeitura Municipal de Rio Largo

Prefeitura Municipal de Satuba

Prefeitura Municipal de Santa Luzia do Norte

Prefeitura Municipal de Pilar

Prefeitura Municipal de Coqueiro Seco

Companhia de Abastecimento de Alagoas (Casal)

BRK Ambiental

Universidade Federal de Alagoas (Ufal)

Federação de Pescadores do Estado de Alagoas (Fepeal)

Centro de Educação Ambiental São Bartolomeu (Ceasb)

Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Alagoas (Sebrae)

Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes) – seccional Alagoas

Associação Nacional de Municípios e Meio Ambiente (Anamma Nacional)

Secretaria do Patrimônio da União (SPU) – seccional Alagoas

Capitania dos Portos do Estado de Alagoas

Batalhão de Polícia Ambiental do Estado de Alagoas (BPA/AL)

IDEAL – Mov Alagoas

Mundaú Mundo

Coopvila

Coopmundaú

 

Confira algumas imagens.

Assessoria de Comunicação Social
Procuradoria da República em Alagoas
(82) 2121-1485/9.9117.4361
pral-ascom@mpf.mp.br
twitter.com/mpf_al
 
Atendimento ao cidadão
(82) 2121-1400

Contatos
Endereço da Unidade

Procuradoria da República em Alagoas

Avenida Juca Sampaio, 1800
(próximo ao Fórum)
Barro Duro - Maceió/AL
CEP 57045-365

CNPJ: 26.989.715/0007-06

pral-sac@mpf.mp.br
(82) 2121-1400

Atendimento externo:
segunda a sexta-feira
Protocolo: de 10h às 18h
Setor de Atendimento ao Cidadão: de 8h às 15h

Assessoria de Comunicação Social

Atendimento à imprensa
(82) 2121-1485
pral-ascom@mpf.mp.br

Informações sobre Licitações
(82) 2121-1440
pral-cpl@mpf.mp.br

Como chegar
Sites relacionados
Área Restrita