Logo MPF nome Logo MPF

Tocantins

Procuradoria da República no Tocantins

  • MPF nas redes sociais  
  • Facebook
  • Flickr
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Combate à Corrupção
17 de Dezembro de 2018 às 15h35

Operação Apia: MPF denuncia dois ex-governadores do Tocantins

Os danos aos cofres públicos estão estimados em mais de R$ 225 milhões

Arte com fundo preto e escrito corrupção na cor branca

Arte: Secom/PGR

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou denúncia nessa quinta (13), contra dois ex-governadores do Tocantins, José Wilson Siqueira Campos e Sandoval Lobo Cardoso, além do ex-secretário de Infraestrutura, Alvicto Ozores Nogueira. Segundo a denúncia, os ex-governadores e o ex-secretário, integravam um núcleo político que fraudava licitações e superfaturava obras.

Ambos foram denunciados pelos crimes de fraude a processos licitatórios, por 13 vezes e formação de cartel. A denúncia apurou ainda que as licitações eram direcionadas para empresas que participavam do esquema e os preços fixados para as obras, eram em média 25% a mais do que o preço de mercado.

A pena para os crimes variam de dois a cinco anos, somando-se às acusações. Os crimes foram cometidos entres 2010 e 2014, em um contexto de organização criminosa, composta por servidores públicos do núcleo administrativo dos governos, agentes políticos e empresários.

Os denunciados fraudaram o caráter competitivo das Concorrências Públicas da Agência de Máquinas e Transportes do Estado do Tocantins (Agetrans), vinculada à Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra), voltadas à contratação de obras de infraestrutura no Estado, sobretudo os serviços de terraplanagem, pavimentação asfáltica, obras de arte e recuperação em rodovias estaduais e vias urbanas, financiadas com recursos do BNDES e outras instituições financeiras, inclusive internacionais, mediante garantia da União.

Os danos aos cofres públicos estão estimados em mais de R$ 225 milhões. As investigações da Operação Ápia estavam suspensas por decisão liminar emitida por um ministro do STF, no dia 7 de dezembro deste ano, a liminar foi revogada dando continuidade aos processos da operação.

Assessoria de Comunicação Social
Procuradoria da República no Tocantins
(63) 3219-7238 / 7315
prto-ascom@mpf.mp.br | Twitter: @mpf_to

registrado em: ,
Contatos
Endereço da Unidade

Procuradoria da República

no Estado do Tocantins

104 Norte, Rua NE 03,

Conjunto 02, Lote 43

Palmas-TO

CEP: 77006-018

Tel.: (63) 3219-7200

 

PRM-Araguaína

Tel.: (63) 3416-0900

PRM-Gurupi

Tel.: (63) 3612-3850

Atendimento de segunda-feira à sexta-feira, das 10h às 18h

Recepção:

(63) 3219-7200

Plantão Judicial:

(63) 99210-3695

Sala de Atendimento ao Cidadão:

(63) 3219-7245

Assessoria de Comunicação Social:

(63) 3219-7238

prto-ascom@mpf.mp.br

Como chegar
Sites relacionados
Área Restrita