Logo MPF nome Logo MPF

São Paulo

16/06/09 - MPF denúncia dois homens por trazerem remédios proibidos para o Brasil

Mais de 48 mil comprimidos de remédios, comprados no Paraguai, foram apreendidos

O Ministério Público Federal em Jales denunciou o vendedor ambulante Cristiano Pereira de Sousa e o comerciante Antônio Ivanilton Cruz por terem trazido ilegalmente do Paraguai mais de 48 mil comprimidos de remédios, além de roupas íntimas. Uma avaliação preliminar assegura que o valor pago pelos remédios passaria de R$ 100 mil.

Quando voltavam do Paraguai, os dois foram parados por policiais militares rodoviários durante uma fiscalização na rodovia Eliezer Montenegro Magalhães, próximo à Vitória Brasil, interior de São Paulo, cidade sob jurisdição da procuradoria da República em Jales.

Com eles, foram encontrados aproximadamente 4.000 cartelas de 10 comprimidos de Rheumazin Forte, utilizado para reumatismo, além de  400 cartelas de 20 comprimidos de Pramil, 21 cartelas de um comprimido de Erectalis, e 10 cartelas de 10 comprimidos, mais 8 cartelas de um comprimido, de Erofast, medicamentos utilizados no exterior como estimulante sexual. Tanto o Rheumazin, como o Pramil, não possuem licença de comercialização no Brasil.

“No carro conduzido pelos denunciados foi encontrado um cartão de identificação de uma loja estabelecida no Paraguai, contendo a descrição da espécie e quantidade iguais aos dos remédios que foram apreendidos”, afirmou o procurador da República em Jales Thiago Lacerda Nobre, autor da denúncia.

Se aceita a denúncia oferecida pelo MPF, Sousa e Cruz responderão por descaminho e por posse de remédios com venda proibida no Brasil e poderão, se condenados, ficar presos por pelo menos 10 anos. Os dois estão presos desde quando foram pegos em flagrante com as mercadorias.  

Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República no Estado de S. Paulo
Mais informações para a imprensa: Bruno Zani e Marcelo Oliveira
11-3269-5068/5368
ascom@prsp.mpf.gov.br

Contatos
Endereço da Unidade
Rua Frei Caneca, nº 1360
Consolação - São Paulo/SP
CEP 01307-002
(11) 3269-5000
Atendimento de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h


ATENDIMENTO AO CIDADÃO: canal de comunicação direta da instituição com o cidadão, com acesso aos serviços de representação (denúncia), pedidos de informação, certidões e de vista e cópia de autos. CLIQUE AQUI.
(11) 3269-5781
 

PROTOCOLO ELETRÔNICO: destinado exclusivamente aos órgãos ou entidades públicas e às pessoas jurídicas de direito privado, para envio de documentos eletrônicos (ofícios, representações e outros) que não estejam em tramitação no MPF. CLIQUE AQUI.

 
PETICIONAMENTO ELETRÔNICO: destinado a pessoas físicas e advogados para envio de documentos eletrônicos relacionados a procedimentos extrajudiciais em tramitação no MPF (exceto inquéritos policiais e processos judiciais). CLIQUE AQUI.
 

ATENDIMENTO À IMPRENSA: CLIQUE AQUI.
(11) 3269-5701  
Como chegar
Sites relacionados
Área Restrita