Logo MPF nome Logo MPF

Santa Catarina

22 de Janeiro de 2020 às 15h40

MPF recomenda que ANTT fiscalize a manutenção de ferrovias em Santa Catarina sob concessão da América Latina Logística

Trechos da ferrovia federal em Santa Catarina têm rondas de manutenção reduzidas e estão abandonados

Arte retangular com fundo que lembra uma folha de papel, sobre a qual uma mão segurando uma caneta está prestes a escrever. Em destaque: a palavra Recomendação e a logomarca do MPF

Arte: Secom/ PGR

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) que fiscalize as obras de revitalização e manutenção de trechos da ferrovia administrados pela América Latina Logística S.A. (ALL), em Santa Catarina. Segundo nota técnica emitida pela ANTT, a concessionária está em descumprimento do Contrato de Arrendamento.

A Malha Sul, como é chamada a extensão de ferrovia no sul do país da Rede Ferroviária Federal S.A., a qual a ALL administra, possui 7.199km, dos quais 4.175km estão abandonados desde 2014 e não têm tráfego. Dos trechos com tráfego, mais da metade, 1.858km, foi classificada como em estado ruim de conservação e apenas quatro trechos foram considerados bons ou bons/regulares. Segundo nota técnica, isso se deve à redução das rondas de manutenção, que são diminuídas progressivamente até o abandono.

A ANTT tem, segundo a recomendação, até 90 dias para começar a fiscalizar a empresa citada nos trechos sob sua responsabilidade no estado de Santa Catarina. Nessa fiscalização deverá verificar as ações da ALL para manutenção, funcionalidade e construção de ferrovias, tendo 60 dias para cumprir esta fiscalização. Também é necessário que a ANTT em até 30 dias remeta ao MPF informações a respeito do planejamento e início da fiscalização e, por fim, que remeta em até 90 dias do término dessa fiscalização um relatório detalhado dos resultados e das medidas administrativas e judiciais promovidas pela Agência para que a empresa concessionária se adeque.

A ALL já foi alvo de multas anteriores impostas pela ANTT, decorrentes, dentre outras irregularidades, do descaso com os bens vinculados à concessão. Em 2016, a Associação de Vereadores do Meio Oeste Catarinense protocolizou a representação na Procuradoria da República em Santa Catarina sobre a situação da ALL Malha Sul com relação à funcionalidade das ferrovias do Estado, que veio a se tornar o inquérito civil nº 1.33.000.001272/2016-04.

 

 

Assessoria de Comunicação
Ministério Público Federal em SC
Atendimento ao público: (48) 2107-6100 e 2107-2410
Atendimento à imprensa: (48) 2107-2466, 2107-2474 e 2107-2480
E-mail: prsc-ascom@mpf.mp.br
www.mpf.mp.br/sc
Twitter: @MPF_SC

registrado em:
Contatos
Endereço da Unidade

Rua Paschoal Apóstolo Pitsica, 4876
Edifício Luiz Elias Daux
Agronômica, Florianópolis,SC
CEP 88025-255
Estacionamento: há 5 vagas para visitantes no piso G2

Atendimento de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h

Telefones:

(48) 2107-6100 - Gabinetes
(48) 2107-2410 - Administração

 

Como chegar