Logo MPF nome Logo MPF

Rio Grande do Norte

Procuradoria da República no Rio Grande do Norte

  • MPF nas redes sociais  
  • Facebook
  • Flickr
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
Eleitoral
17 de Outubro de 2018 às 12h40

MP Eleitoral analisará caso de suposto grupo de whatsapp com ameaças de violência

A depender das investigações, caso será tratado como crime eleitoral, ou propaganda falsa

Foto da tela de um celular com vários ícones de aplicativos e o whatsapp em destaque ao centro

Imagem ilustrativa: Pixabay

O Ministério Público Eleitoral instaurou procedimento para analisar as denúncias quanto ao suposto grupo de whatsapp “Opressores RN 17”, no qual teriam sido feitas ameaças de morte, estupro e outros tipos de violência a eleitores contrários, por meio da possível organização de um grupo armado.

Após analisar os indícios de veracidade, ou não, do diálogo mantido na rede social, a Procuradoria Regional Eleitoral no Rio Grande do Norte deverá decidir sobre a remessa do caso ao promotor eleitoral competente, se for o caso de apuração de possível crime do artigo 301 do Código Eleitoral (Usar de violência ou grave ameaça para coagir alguém a votar, ou não votar, em determinado candidato ou partido, ainda que os fins visados não sejam conseguidos).

Por outro lado, na hipótese de se tratar de propaganda falsa (grupo fake), com intuito de promover publicidade negativa de candidato, o procedimento será encaminhado para algum dos procuradores auxiliares eleitorais.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte
fone: (84) 3232-3901
prrn-ascom@mpf.mp.br
twitter.com/mpf_prrn

registrado em:
Contatos
Endereço da Unidade

Av. Deodoro da Fonseca nº 743
Tirol - Natal/RN
59.020-600

   

Tel/Fax: (84) 3232-3900
Atendimento de segunda a sexta, das 9h às 16h

Plantão:

(84) 99112-1695 - Exclusivo para atendimento fora do horário de expediente

 

Assessoria de Comunicação Social:

Telefone: (84) 3232-3960
E-mail: prrn-ascom@mpf.mp.br

Como chegar
Sites relacionados
Área Restrita