Logo MPF nome Logo MPF

Rio Grande do Norte

Combate à Corrupção
3 de Junho de 2020 às 17h0

Capacitação para uso do Fiscaliza RN começa na próxima semana

Plataforma desenvolvida por parceria entre MPF e Lais/UFRN possibilita acompanhamento dos recursos empregados no combate à covid-19

Imagem de fundo preto com as palavras "COMBATE À CORRUPÇÃO" em destaque na cor branca.

Arte: Secom/PGR

A partir do próximo dia 8 de junho, terá início o período de treinamento para os usuários da plataforma Fiscaliza RN, que é resultado de mais uma parceria entre o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais/UFRN) e o Ministério Público Federal (MPF) no RN. O Fiscaliza tem como função orientar sobre as prestações de contas de recursos federais destinados ao combate à covid-19.

Os treinamentos serão online, ocorrendo em dois horários: às 10h e às 15h. O púbico alvo é formado por servidores do MPF e representantes de todos os 167 municípios do Rio Grande do Norte. O uso da plataforma foi recomendado pelo MPF a todos os gestores públicos no estado, com o intuito de evitar possíveis desvios, superfaturamentos ou destinações irregulares dos recursos. A recomendação é uma iniciativa do Grupo de Trabalho Estadual de Acompanhamento das Medidas Governamentais e Privadas Relacionadas ao Novo Coronavírus (GT Covid-19), formado por procuradores da República no RN.

O que é o Fiscaliza RN - O objetivo da ação é evitar possíveis desvios, superfaturamentos ou destinação irregular dos recursos. De acordo com a recomendação, além da obrigação de prestações de contas já existente, os gestores estaduais e municipais devem apresentar as contas de recursos, insumos e equipamentos originários do Fundo Nacional de Saúde e Casa Civil na plataforma Fiscaliza-RN, assim que sejam empregados no combate à pandemia.

O portal possibilita o acompanhamento da execução dos recursos por inteligência artificial, contando, também, com espaço destinado ao cidadão, para fiscalizar e fazer denúncias de eventuais irregularidades identificadas, para que as autoridades responsáveis adotem as medidas cabíveis.

A plataforma começará a ser utilizada justamente em um momento de crise e que o governo federal, por meio do Fundo de Nacional de Saúde, deverá liberar para estados e municípios do país mais de R$ 7 bilhões para o enfrentamento da covid-19. Desse montante, mais de R$ 2 bilhões serão destinados à região Nordeste, sendo que cerca de R$ 130 milhões para o estado do Rio Grande do Norte e seus municípios.

O MPF também recomenda que todas as informações e destinações dos recursos públicos federais sejam disponibilizados nos respectivos portais da transparência do estado e municípios, nos termos da Lei de Acesso à Informação (art. 8°, § 2°1, da Lei Federal 12.527/2011). Os documentos físicos relacionados a esses gastos devem ser mantidos em arquivo pelo prazo de cinco anos.

Parceria entre LAIS e MPF - A primeira parceria entre o MPF e o Lais resultou no Regula RN, sistema para regulação de leitos. O Regula RN tem como objetivo ordenar e padronizar o fluxo de acesso aos leitos de UTI no estado do Rio Grande do Norte e desta forma promover transparência, integridade e equidade no acesso aos serviços. Além disso, o Regula RN é capaz de otimizar o tempo de resposta do SUS para a utilização dos leitos ofertados pelo estado.

Fonte: Valéria Credidio - Lais/UFRN

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte
Fone: (84) 3232-3901 - 99483-5296
prrn-ascom@mpf.mp.br
twitter.com/mpf_prrn

registrado em: ,
Contatos
Endereço da Unidade

Rua Jundiaí, 330, 10º andar 
Tirol - Natal/RN
59020-120 

Av. Deodoro da Fonseca nº 743
Tirol - Natal/RN
59020-600

Tel/Fax: (84) 3232-3900
Atendimento de segunda a sexta, das 9h às 16h

Plantão:

(84) 99112-1695 - Exclusivo para atendimento fora do horário de expediente

Assessoria de Comunicação Social:

Telefone: (84) 3232-3801
E-mail: prrn-ascom@mpf.mp.br

Como chegar
Sites relacionados
Área Restrita