Logo MPF nome Logo MPF

Paraná

Combate à Corrupção
14 de Agosto de 2019 às 17h50

A pedido da Lava Jato, Justiça Federal do Paraná bloqueia quase R$ 20 milhões de Beto Richa

Ex-governador é acusado de participar de crimes de fraude à licitação, corrupção passiva e operações de lavagem de dinheiro

Arte retangular, com fundo marrom e a expressão 'Lava Jato' em destaque, escrita com letras vazadas dentro de retângulo menor laranja

A Justiça Federal no Paraná acolheu pedido da força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal de bloqueio de bens e ativos financeiros de investigados na operação Piloto. A acusação do MPF, realizada em 5 de junho deste ano, denunciou Carlos Alberto Richa (Beto Richa), Ezequias Moreira, José Richa Filho (Pepe Richa), Luiz Abi Antoun, Dirceu Pupo Moreira, Rafael Gluck e José Maria Ribas Mueller pela prática, ao longo de 2014, dos crimes de corrupção ativa e passiva, de fraude licitatória e de lavagem de dinheiro, relacionados à licitação na Parceria Público Privada (PPP) para exploração e duplicação da PR-323, que liga Maringá a Francisco Alves, no noroeste do Paraná.

Além do bloqueio de R$ 20 milhões de Beto Richa, o despacho prevê a indisponibilidade de bens imóveis e de veículos e o sequestro de parte de imóvel citado no esquema de corrupção. As mesmas medidas, com valores proporcionais, foram aplicadas aos outros réus.

A operação Piloto foi deflagrada em setembro de 2018 a partir do conteúdo de depoimentos de colaboradores ligados ao grupo Odebrecht, que revelaram esquema de lavagem de dinheiro e pagamento de propina visando o favorecimento do consórcio liderado pela Odebrecht na licitação de concessão da PR-323. Esses pagamentos teriam sido operacionalizados pelo Setor de Operações Estruturadas da empresa em favor do codinome "Piloto", identificado como sendo o ex-governador Carlos Alberto Richa.

Richa também é réu em outros dois processos pelo crime de lavagem de dinheiro proveniente de propinas do pedágio e de outros esquemas de corrupção em seu governo.

Íntegra do despacho
Ação penal nº 5028046-47.2019.4.04.7000

 Lava Jato – Acompanhe todas as informações oficiais do MPF sobre a operação Lava Jato no site www.lavajato.mpf.mp.br.

Assessoria de Comunicação
Ministério Público Federal no Paraná

Atendimento à imprensa
Telefones: (41) 3219-8934/ 3219-8764/ 98700-2242
E-mail: prpr-ascom@mpf.mp.br
Site: www.mpf.mp.br/pr
Twitter: www.twitter.com/MPF_PRPR

Atendimento ao cidadão
Telefone: (41) 3219-8700

Contatos
Endereço da Unidade

Rua Marechal Deodoro, 933
Centro - Curitiba - PR
CEP 80060-010


(41) 3219-8700
Atendimento de protocolo administrativo e ao cidadão - segunda a sexta, das 11h às 18h

Protocolo eletrônico: www.protocolo.mpf.mp.br

Peticionamento eletrônico: www.peticionamento.mpf.mp.br

Núcleo de Atendimento ao Cidadão:
Telefone: (41) 3219-8754

prpr-nac@mpf.mp.br

Denuncie aqui.

Como chegar
Sites relacionados
Área Restrita