Logo MPF nome Logo MPF

Procuradoria-Geral da República

Procuradoria-Geral da República

Criminal
7 de Abril de 2017 às 17h5

Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais defende que Bolsonaro seja investigado por eventual crime de racismo

Parlamentar teria feito declarações racistas contra povos indígenas e comunidades tradicionais durante palestra no Rio de Janeiro

Foto: Joao Americo/PRG/SECOM

Foto: Joao Americo/PRG/SECOM

A Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais do Ministério Público Federal (6CCR/MPF) recebeu nessa quinta-feira, 7 de abril, representantes da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq). Na audiência, o grupo pediu apoio da 6ª CCR para investigação do deputado federal Jair Bolsonaro por eventual prática de racismo. 

Em palestra proferida para cerca de 300 pessoas, no clube Hebraica, na zona sul da capital fluminense, o parlamentar teria feito declarações racistas contra as comunidades quilombolas e contra os povos indígenas. Na mesma ocasião, Bolsonaro declarou que, caso seja eleito em 2018, acabará com a demarcação de terras para essas populações.

“O deputado deve ser punido por esse ato, que não foi outra coisa, senão racista. O povo brasileiro não pode ficar refém de pessoas raivosas, que propagam o ódio”, enfatizou a representante da Conaq Givânia Maria da Silva.

Para a 6CCR, não há dúvidas de que o parlamentar praticou o crime de racismo, previsto no artigo 20, da Lei Federal 7.716/1989, além de incitar  práticas discriminatórias contra as minorias. “O deputado, com escolha deliberada de expressões, ar jocoso e zombeteiro, tem o propósito claro de humilhar, diminuir, características próprias do racismo”, observou o coordenador da Câmara, subprocurador-geral da República Luciano Mariz Maia.

Secretaria de Comunicação Social
Procuradoria-Geral da República
(61) 3105-6406 / 6415
pgr-imprensa@mpf.mp.br
facebook.com/MPFederal
twitter.com/mpf_pgr

registrado em:
Contatos
Endereço da Unidade
Procuradoria Geral da República
SAF Sul Quadra 4 Conjunto C
Brasília/DF
CEP 70050-900

 

(61) 3105-5100
Atendimento de segunda a sexta, das 10h às 18h.

Como chegar

Sites relacionados
Área Restrita