Logo MPF nome Logo MPF

Ceará

Combate à Corrupção
5 de Dezembro de 2017 às 16h20

No Ceará, seminário promovido pelo MPF destaca avanços no combate à corrupção

Evento teve como palestrantes o procurador regional da República Carlos Fernando dos Santos Lima e o delegado Wellington Santiago, da Polícia Federal

Foto: Ascom MPF/CE

Foto: Ascom MPF/CE

Combater a corrupção e a improbidade administrativa, além de defender novas formas de se fazer política. Estas foram as principais ideias levantadas em seminário sobre combate à corrupção realizado nesta terça-feira (5), no Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE).

Com palestras do procurador regional da República Carlos Fernando dos Santos Lima, integrante da força-tarefa Lava Jato no Paraná, e do delegado da Polícia Federal Wellington Santiago, foram abordados temas que trataram desde as raízes da corrupção no Brasil até as operações mais recentes deflagradas no país.

Para o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, é preciso mudar o jeito de se fazer política no Brasil para que a corrupção possa deixar de ser uma realidade tão presente no sistema brasileiro. Ele defendeu mudanças no processo eleitoral como forma de aperfeiçoar o combate à corrupção e falou sobre os avanços já alcançados, sobretudo como resultados da Operação Lava Jato.

Na mesma linha, o delegado Wellington Santiago elogiou o aprimoramento das investigações no combate à corrupção no Brasil e abordou os principais desafios enfrentados durante a operação Expresso 150, deflagrada pela PF em 2016 para investigar a venda de habeas corpus. O delegado destacou que a criminalidade busca se aprimorar, "mas as instituições que atuam no combate à corrupção também estão se aperfeiçoando".

Chefe do Núcleo de Combate à Corrupção (NCC) do MPF/CE, a servidora Ana Paula Maia destacou a firmeza dos palestrantes no trabalho de combate à corrupção. Para ela, o seminário deixou a certeza de que realmente a corrupção tem de ser duramente combatida e isso pode partir de cada cidadão. "O procurador Carlos Fernando mostrou ser um membro que exerce seu papel com muita responsabilidade. E o MP tem que ser mostrado para a sociedade assim: como uma instituição forte e responsável", avaliou.

As servidoras Daniele Fernandes e Isabela Collmann destacaram a apresentação do delegado Wellington Santiago como de grande valia para entender os desdobramentos internos da operação Expresso 150. "São fatos que ocorreram aqui e que têm repercussão para todos nós", destacou Daniele.

Laço da Consciência - Para lembrar sobre a importância do enfrentamento à corrupção em todas as esferas da sociedade, foi lançado durante o seminário a campanha do laço branco, o Laço da Consciência Contra a Corrupção, para marcar o Dezembro contra a Corrupção.

Segundo o procurador da República Alexandre Meireles, coordenador do Núcleo de Combate à Corrupção (NCC), a ideia é de que o adereço ressalte a luta contra a corrupção e lembre às pessoas que a mudança na cultura do país depende das atitudes de cada um e que idoneidade e honestidade devem ser praticados a todo instante.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal no Ceará
fone: (85) 3266-7457 / 3266-7458
prce-ascom@mpf.mp.br
Twitter: @mpf_ce
Facebook: /MPFederal

registrado em:
Contatos
Endereço da Unidade

Procuradoria da República no Ceará

Rua João Brígido, 1260

Joaquim Távora - Fortaleza/CE

CEP: 60.135-080

(85) 3266.7300 Fax: 3266.7443
Atendimento de segunda a sexta, das 9h às 17h

Sala de Atendimento ao Cidadão:
Telefones: (85) 3266.7363 / 3266.7501


Procuradoria Regional Eleitoral no Ceará:

(85) 3266.7310 / 3266.7465


Assessoria de Comunicação Social:

- Atendimento de jornalistas:
(85) 3266.7457 / 3266.7458 / 98149.9806
saj.mpf.mp.br

 

Sistema de Protocolo Eletrônico
- Destinado a órgãos públicos e pessoas jurídicas.

Portal do Peticionamento Eletrônico
- Destinado a cidadãos e advogados.

Como chegar