Logo MPF nome Logo MPF

Ceará

Controle Externo da Atividade Policial
17 de Abril de 2020 às 14h40

MPF recomenda suspensão de atos que descumpram acordo que pôs fim à greve da PM no CE

Ministério Público Federal recebeu denúncias de transferências e remanejamentos irregulares de policiais

Arte retangular com fundo que lembra uma folha de papel, sobre a qual uma mão segurando uma caneta está prestes a escrever. Em destaque: a palavra Recomendação e a logomarca do MPF.

Arte: Secom/PGR

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou ao secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, André Costa, que, em conjunto com o Comando Geral da Policia Militar, suspenda e faça cessar os efeitos jurídicos de atos que impliquem em violação de termos do acordo firmado com policiais no final da última greve da categoria no estado.

Denúncias recebidas pelo MPF apontam para descumprimento do acordo. Segundo policiais militares, o Comando da PM estaria promovendo transferências e realizando remanejamentos sistemáticos de militares para outras funções supostamente com o objetivo de retaliar e punir ilegalmente a categoria.

O MPF estabeleceu o prazo de dez dias para que o secretário envie ao órgão informações sobre o cumprimento da recomendação expedida nesta sexta-feira (17).

No dia 2 de março, ao final da greve dos policiais militares, o Governo do Ceará firmou acordo com representantes do Ministério Público e dos Poderes Legislativo e Judiciário, conjuntamente com representantes da categoria dos policiais. O documento, homologado posteriormente por decreto do governador Camilo Santana, garantiu aos militares amotinados o direito ao devido processo legal e proteção contra retaliações abusivas e ilegais.

No acordo, o Governo do Ceará se comprometeu a não realizar transferências de policiais para trabalhar no interior do estado em um prazo de 60 dias contados a partir do fim das paralisações. “Os termo do acordo impedem a edição de quaisquer atos administrativos cujos comandos impliquem, direta ou indiretamente, prejuízos aos membros da corporação”, destaca o procurador da República Oscar Costa Filho, autor da recomendação.

Leia a íntegra da recomendação

Assessoria de Comunicação
Ministério Público Federal no Ceará
twitter.com/mpf_ce


Informações à imprensa:
saj.mpf.mp.br
(85) 3266.7457 / 3266.7458

registrado em:
Contatos
Endereço da Unidade

Procuradoria da República no Ceará

Rua João Brígido, 1260

Joaquim Távora - Fortaleza/CE

CEP: 60.135-080

(85) 3266.7300 Fax: 3266.7443
Atendimento de segunda a sexta, das 9h às 17h

Sala de Atendimento ao Cidadão:

Telefones: (85) 3266.7363 / 3266.7501

Procuradoria Regional Eleitoral no Ceará:

(85) 3266.7310 / 3266.7465

Assessoria de Comunicação Social:

- Contatos para jornalistas:
(85) 3266.7457 / 3266.7458

Sistema de Protocolo Eletrônico
- Destinado a órgãos públicos e pessoas jurídicas.

Portal do Peticionamento Eletrônico
- Destinado a cidadãos e advogados.

Como chegar