Direitos do Cidadão
14 de Fevereiro de 2017 às 18h13

PFDC sediará videoconferência sobre atuação internacional do Brasil em direitos humanos

Organizações da sociedade civil estão convidadas a participar do diálogo, que acontecerá na próxima quinta-feira, 16 de fevereiro. Salas estarão disponíveis nas sedes do MPF em Belém, Brasília, Curitiba, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo

PFDC sediará videoconferência sobre atuação internacional do Brasil em direitos humanos

PFDC

Na próxima quinta-feira, 16 de fevereiro, a partir das 15h, a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC/MPF) irá sediar mais uma videoconferência para discutir a atuação internacional do Brasil na área dos direitos humanos.
 
A atividade dá seguimento aos diálogos que vêm sendo realizados desde 2014, no âmbito do Comitê Brasileiro de Direitos Humanos e Política Externa (CBDHPE), com o objetivo de monitorar a agenda e as posições do Brasil em fóruns internacionais de direitos humanos, como o Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas e o Sistema Interamericano de Direitos Humanos.
O diálogo contará com a participação de representantes da Divisão de Direitos Humanos do Ministério das Relações Exteriores e da Assessoria Internacional do Ministério dos Direitos Humanos.
As salas de videoconferência estarão disponíveis nas sedes do Ministério Público Federal em Belém, Brasília, Curitiba, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo.


A atividade é aberta a organizações da sociedade civil, especialistas e pesquisadores vinculados à temática. A solicitação de participação pode ser feita até  esta quarta-feira, 15 de fevereiro, por meio do e-mail priscilavilela@mpf.mp.br, com indicação de nome, CPF e cidade em se pretende participar.
Saiba mais – O Comitê Brasileiro de Direitos Humanos e Política Externa (CBDHPE) foi criado em 2006 com o objetivo de fortalecer a participação cidadã e o controle democrático da política externa brasileira com impactos na proteção e promoção dos direitos em âmbito nacional e internacional. A coalização congrega 18 organizações da sociedade civil e órgãos do Estado – incluindo a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão.

registrado em: ,